fbpx

Candidato a vereador de Ney Santos fica inelegível por tentativa de homicídio

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on whatsapp

O candidato Adalberto Moreira da Cruz, Beto Cruz (PSD), que faz parte da coligação encabeçada por Ney Santos (REPUBLICANOS), teve a pretensa candidatura à vereador barrada pela justiça, via Lei Ficha Limpa, por tentativa de homicídio qualificado.

Beto Cruz ainda está recorrendo do crime que cometeu em 2004, no qual, ao discutir com outro homem, efetuou disparos que acabaram atingindo uma criança de cinco anos, que perdeu a visão de um olho.

Mesmo recorrendo, a Lei Ficha Limpa prevê a inelegibilidade após a condenação em órgão judicial colegiado. Sendo assim, Beto ficará inelegível enquanto não se passarem oito anos após o cumprimento da pena.

Em sentença condenatória, o relator do caso apresenta que os testemunhos “noticiam que o motivo do crime teria sido uma desavença pretérita com a vítima por questão banal”.

Por conta disso, o Ministério Público Eleitoral (MPE) concedeu parecer favorável à inelegibilidade de Beto. Além disso, segundo relatório do MPE, Beto não apresentou todos os documentos necessários para registro de candidatura.

A defesa de Adalberto não apresentou contestação. Leia AQUI a decisão que torna Beto Cruz inelegível.

GOSTOU DESSE CONTEÚDO?

Então ajude o Embu News e compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp

Comentários

  • MAIS NOTÍCIAS

    Prefeito loteou a Secretaria de Saúde

    No início do novo mandato 2021 – 2024, todos os secretários deixaram seus cargos a disposição. Uma atitude protocolar que geralmente acontece em inícios de

    >