fbpx

‘A idéia é levar em banho maria o máximo que der’, sobre volta da Feira

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on whatsapp
RESUMO DA NOTÍCIA
  • Após 6 meses, Jones Donizette assume as negociações sobre a volta da Feira de Embu das Artes
  • A diretriz é que se houver mais uma faixa novamente, as negociações serão paralisadas
  • Prefeito vai até o palácio do governo, faz filmagem e não cita expositores

Uma fonte da Secretaria de Turismo enviou uma mensagem ao Embu News contando os bastidores sobre a possível volta da Feira de Embu das Artes.

Até então as negociações estavam internas na Secretaria de Turismo e Secretaria de Comércio. Porém, após a matéria veiculada na Rede Globo no dia 17 de agosto com o título “Feira de Artesanato em Embu segue suspensa”, a situação mudou de figura e Jones Donizette, Secretário de Governo e virtual coordenador da campanha de Ney Santos, assumiu as negociações entre prefeitura e artesãos.

O prefeito Ney Santos enviou um áudio para o Secretário de Turismo, Marcelo Saporito, dizendo que iria até o palácio do governo resolver diretamente com um dos braços direitos de João Doria. E realmente foi.

No dia 27 de agosto, Ney Santos e um grupo de 5 expositores foram até o palácio do governo para articular uma possível volta da Feira de Embu das Artes.

As condições foram:

  • Montar um protocolo de volta da feira para apresentar para o secretário estadual de turismo
  • Detalhar tecnicamente que não haverá contaminação dos turistas
  • Enviar o protocolo para a secretaria estadual de turismo
  • O protocolo será encaminhado para uma junta médica com diversos infectologistas
  • A junta de infectologistas emitirá um parecer favorável ou contrário
  • Após o parecer, montar um cronograma de volta da feira baseado no protocolo

Além das condições burocráticas, outra coisa chamou a atenção na reunião: Ney Santos levou drones e câmeras profissionais para a reunião, filmou tudo e divulgou nas redes sociais sem citar, nem uma única vez, que a reunião teria a ver com o turismo da cidade ou que foi uma conquista dos expositores.

A imagem do prefeito trabalhador e o elogio ao deputado foram conquistados com o suor dos expositores e não houve um reconhecimento sequer.

“A ideia é levar em banho maria”

A nossa fonte disse que o protocolo é uma maneira burocrática de adiar a decisão.

“A ideia é levar em banho maria o máximo que der. O que se comenta internamente é que os expositores não dão votos e que os turistas não votam em Embu das Artes. Então, o melhor de tudo é deixar em banho maria. A Feira fechada é mais lucrativa politicamente do que a Feira aberta”.

Assédio moral

Além disto, também foi confidenciado que Jones Donizette tem praticado assédio moral com os expositores.

O Secretário de Governo deixou claro que se houver uma faixa em protesto novamente na praça, todo o protocolo com médicos, cronograma e parecer será cancelado, e que não haverá mais conversa oficial entre Prefeitura e artesãos.

Uma manifestação teria sido marcada para este domingo, às 13h na Praça Central, mas os expositores estão apreensivos se levam faixas e se protestam ou não.

Veja o evento no link oficial do Facebook.

GOSTOU DESSE CONTEÚDO?

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MAIS NOTÍCIAS

Search
Generic filters
Filter by Categorias
Arte e cultura
Cidade
Colunistas
Halana Souza
Hilka Caldi
Marcel Moreno
Pullman Pullman
Tadeu Veron
Editorial
Educação
Enquete da semana
Especial
Fato ou fake?
Featured
Meio ambiente
Mobilidade e transporte
Moradia
outros
Saúde
Segurança
Sem categoria

Buscas mais realizadas:
neyembupolíciapastorpizza

>