Vereadores da base votarão a favor de Chico Brito nesta quarta feira

Vereadores da base votarão a favor de Chico Brito nesta quarta feira e ex-Prefeito pode se tornar ficha limpa

Após áudio polêmico divulgado pelo site Verbo Online, em que o ex-Prefeito Chico Brito firma acordo com o atual prefeito Ney Santos, contas rejeitadas do ex-Prefeito estarão em pauta nesta quarta feira, 04 de março.

Na matéria divulgada no dia 06 de fevereiro, o site teve acesso a lideranças da base governista que divulgaram a parceria entre Chico Brito, Ney Santos e o partido PSD. No áudio, Chico diz: “Meu prefeito, palavra empenhada é palavra cumprida, irmão, tá certo? Tamo junto. Um abraço”.

Semanas depois, as contas Chico Brito no TCE estão novamente em pauta, mas desta vez referente aos dois últimos anos da gestão de Chico, 2015 e 2016. Fontes ligadas ao Embu News garantiram que todos os vereadores da base governista aprovarão as contas.

Fontes do site Embu News informaram que o vereador da base governista, Índio Silva, pressionou os seus pares na Câmara para fecharem acordo e votarem a favor de Chico Brito.

Por que isso é importante?

Chico Brito está inelegível por contas reprovadas, referente aos anos de 2013 e 2014, com parecer dado pelo TCE – Tribunal de Contas. Nesta quarta, as contas dos dois últimos anos serão votadas. Caso a Câmara de Embu das Artes aprove as contas de Chico, há a possibilidade do ex-prefeito recorrer as contas anteriores e ficar livre para disputar as próximas eleições.

A movimentação atual se dá para aprovar as contas de 2014 e 2015, para que Chico Brito tenha força jurídica para recorrer a votação anterior e conseguir a sua elegibilidade. Alguns dos vereadores que reprovaram as contas de 2013 e 2014 irão aprovar as contas de 2015 e 2016.

O que será que fez os vereadores mudarem de idéia?

Com as contas aprovadas, Chico Brito pode ser um dos sucessores de Ney Santos, caso o atual prefeito confirme os seus problemas jurídicos e criminais. Ou seja, Chico poderia ser, novamente, candidato a prefeito de Embu das Artes.

Mais um processo

Recentemente, Chico Brito foi condenado em processo, desta vez por improbidade administrativa por contratação de cargo de comissão sem explicação técnica.

O ex-prefeito foi condenado pela contratação de Danielly Pricyla como diretora de trânsito. Ainda cabe recurso, já que Chico Brito foi condenado em primeira instância.